Portugal

Cascais

97, 40 km2
206 479 habitantes
Ameno, do tipo temperado mediterrânico, com Verões secos e quentes e Invernos chuvosos e mais frios. A variação diária e sazonal das temperaturas é amenizada pela presença do Oceano Atlântico
38º 41' N, 09º 25' O

Elementos Institucionais

2011
7 de junho
Carlos Carreiras
Câmara Municipal de Cascais
Praça 5 de Outubro
2754 - 501 Cascais, Portugal
(00351) 21 482 50 00
(00351) 21 482 50 30
atendimento.municipal@cm-cascais.pt

Breve História

Situada entre a Serra de Sintra e o mar, o concelho de Cascais é limitado a norte pelo concelho de Sintra, a sul e a ocidente pelo oceano Atlântico e a oriente pelo concelho de Oeiras. O território que hoje constitui o concelho de Cascais foi desde muito cedo, pensa-se que desde o Paleolítico Inferior, palco de ocupação humana, havendo também vastos testemunhos da presença romana e árabe em séculos seguintes.

Na segunda metade do século XII, Cascais era uma pequena aldeia de pescadores e lavradores. Graças à sua belíssima baía, a povoação foi, desde cedo, um porto de pesca concorrido e, em 7 de junho de 1364, D. Pedro I concedeu à aldeia o estatuto de vila, que «houvesse por si jurisdição e juízes para fazer direito e justiça». O movimento de embarcações na baía acentuou-se na fase inicial dos Descobrimentos, e foi ali que desembarcou Nicolau Coelho, o primeiro capitão da armada de Vasco da Gama a chegar da Índia. Em 15 de novembro de 1514, D. Manuel I concedeu a Cascais o foral de vila, o primeiro texto regulador da vida municipal, até aí regida pelo foral de Sintra.

Cascais foi assim vila piscatória, mais tarde praia de veraneio da corte portuguesa, santuário de refugiados e centro de espionagem ativa durante a II Grande Guerra e, a partir da primeira década do século XX, um ponto de referência turística de renome nacional e internacional.

A 30 minutos do aeroporto internacional de Lisboa, Cascais tem sido, ao longo dos anos, palco de eventos de grande dimensão e de elevada projeção internacional e mundial, como congressos e feiras, mas também campeonatos mundiais de Golfe, Vela, Hipismo e Motociclismo, para referir apenas alguns.

A vila dispõe de uma oferta cultural de excelência, incluindo o Centro Cultural de Cascais, a Cidadela, o Farol-Museu de Santa Marta ou o Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães. Mais recentemente, a Casa das Histórias Paula Rego oferece ao público um conjunto significativo do trabalho de um dos maiores nomes da pintura contemporânea. O autor do projeto de arquitetura, Eduardo Souto de Moura, foi galardoado, por esse trabalho, com o Prémio Pritzker 2011.

A oferta cultural é complementada por uma infraestruturas de grande qualidade na área da hotelaria e da restauração, um Centro de Congressos e por outro equipamento turístico de excelente nível, de que o Casino Estoril, inaugurado em 1931, é certamente um paradigma.

No seguimento da boa governança marítima preconizada quer pelo Livro Verde Europeu da Política Marítima, quer pela Estratégia Nacional para o Mar, e fruto do esforço comum entre a Câmara Municipal de Cascais e parceiros locais, têm sido desenvolvidas diversas ações com vista à aplicação das políticas marítimas: elaboração de estudos que promovam o conhecimento acerca da realidade marítima de Cascais; promoção de educação marinha com as escolas de Cascais; promoção de sinergias entre entidades públicas em assuntos relacionados com o Mar; e promoção da economia do mar, entre outras.