Cabo Verde

band_cabo_verde.jpg

Sal

sal_cape_verde.png
Área
219,8 km2
População
35.268 habitantes
Clima
Tropical seco e temperado, a temperatura máxima ronda 25ºC e os 30ºC, e a mínima varia entre os 19ºC e 25ºC.

Elementos Institucionais

Adesão à UCCLA
4 de maio de 2018
Aniversário
15 de setembro
Presidente da Câmara Municipal
Júlio António Lopes dos Reis
Morada
Largo do Hotel Atlântico, CP 141
Ilha do Sal, Cabo Verde
Telefone
+238 3334028 / 3334008

Breve História

O Sal foi descoberto pelos portugueses em 3 de dezembro de 1460, carecendo de data concreta no que toca ao seu povoamento. Foi batizada com o nome de Llana (plana), devido ao seu relevo singular, no entanto após se registar a existência de duas grandes salinas, se começou a denominar como Sal, dando sinais de que era antes habitada por mouros. 
 
As suas principais atividades eram a pesca e criação de gado. Só nos finais do séc. XVIII é que o povoamento da ilha foi promovido efetivamente, sob administração de Manuel António Martins, no mesmo período em que se deu início à exploração e exportação do sal. O município foi criado em 1935 dada a elevada densidade populacional.
 
A economia do Sal resulta hoje de uma forte componente turística, o atrativo da ilha são de entre as paisagens paradisíacas, as próprias salinas, baias. A sua economia é mercadamente turística, com um PIB de 16.057 mil contos, com predominância do sector terciário, que gera 2/3 da riqueza da ilha. 
 
Alguns dos locais turísticos são a Serra Negra, Costa da Fragata, Ponta de Sinó, Buracona e Regona, Monte Grande. Em termos gastronómicos, a base da culinária cabo-verdiana é o milho, a cachupa, batata-doce, mandioca, entre outros. Como referido anteriormente, tendo de história a pesca, o município em termos gastronómicos é marcado, também, à base de peixe, nomeadamente o Caldo de Peixe.