Brasil

band_brasil.jpg

Rio de Janeiro

bras_rio.jpg
Área
1 260 km2
População
6 323 037 habitantes (cidade) / 11 711 233 (região metropolitana) (Censo 2010)
Clima
Tropical atlântico. Verões quentes e invernos amenos
Recursos Económicos
Grande centro administrativo, financeiro e comercial. Setor de serviços, atividade industrial e agronegócio. Destaques para o setor mineiro (petróleo), naval, turismo e cultura.

Elementos Institucionais

Adesão à UCCLA
1985, sendo membro fundador
Aniversário
1 de março
Presidente da Câmara Municipal
Prefeito - Marcelo Crivella
Governador
Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho
Morada
Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova
CEP: 20211-110
República Federativa do Brasil
Telefone
2976-1000
Fax
2273-9977
Email
gpcri@pcrj.rj.gov.br

Breve História

A cidade do Rio de Janeiro é a capital do estado homónimo, uma das 27 unidades federativas da República Federal do Brasil. É também a 2.ª maior cidade brasileira, a seguir a São Paulo, sendo responsável pelo 2.º maior PIB do Brasil. São “cariocas” os nascidos na cidade, enquanto os nativos do estado do Rio são “fluminenses”.

O Rio de Janeiro desenvolve-se em redor da Baía de Guanabara, descoberta pelos portugueses em 1 de janeiro de 1502, numa área habitada pelos tupinambás, um povo de língua tupi. Diz a tradição que o local foi batizado com o nome de Rio de Janeiro, porque a corrente que ali se fazia sentir era muito forte, o que alguns consideram duvidoso, e por ter sido em janeiro que os portugueses ali chegaram.

Na segunda metade do século XVII, o Rio de Janeiro era a cidade mais populosa do Brasil, passando a ter importância fundamental para o domínio colonial. Essa importância tornou-se ainda maior com a exploração de jazidas de ouro em Minas Gerais, no século XVIII, que fez da cidade um proeminente centro portuário e económico. Em 1763, por decisão do Marquês de Pombal, primeiro ministro de Portugal, a capital da colónia foi transferida de Salvador para o Rio de Janeiro, que manteve esse estatuto até 1960, quando foi inaugurada a nova capital, em Brasília.

Centro cultural dos mais importantes do Brasil, são também de mencionar, para além das muitas ilhas que dela fazem parte, o Cristo Redentor, que é hoje uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo, o Jardim Botânico, os Arcos da Lapa, o Paço Imperial e as igrejas recheadas de Barroco que, aliadas à religiosidade manifestada pelos cariocas na noite de passagem do ano, fazem a grandeza e a originalidade desta cidade aberta ao mundo. São ainda ícones culturais e paisagísticos do Rio, para além da Baía da Guanabara, o Pão de Açúcar, o Morro do Corcovado, as praias de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, o estádio do Maracanã, o estádio olímpico João Havelange, o réveillon de Copacabana, o carnaval carioca, a bossa nova e o samba, que atraem ano após ano milhões de turistas de todo o mundo. Considerada uma das mais maravilhosas cidades do mundo, o Rio de Janeiro é notícia nos cinco continentes por alturas do Carnaval, que se assume como ex-libris da cidade e até do país. Em 2012, a paisagem urbana da cidade foi considerada pela UNESCO como parte do Património Mundial da Humanidade.

Importante centro económico e financeiro do país, o Rio de Janeiro é sede das duas maiores empresas brasileiras, a Petrobrás e a Vale, das principais companhias de petróleo e telefonia do país, e do maior conglomerado de empresas de média e comunicações da América Latina, as Organizações Globo.

No entanto, a cidade apresenta fortes disparidades económicas e sociais. Enquanto algumas áreas ostentam um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH/PNUD) semelhante ao de países do norte da Europa, cerca de 22% da população vive em favelas em condições de grande precariedade.