Lançamento do livro “O Eco das Minhas Pátrias” de Lídia Praça na UCCLA

Lançamento do livro “O Eco das Minhas Pátrias” de Lídia Praça na UCCLA

Textos de reflexão sobre pátrias, lugares e povos é o resultado do livro “O Eco das Minhas Pátrias” de Lídia Praça, que será lançado no auditório da UCCLA, dia 24 de junho, pelas 18 horas.

A apresentação da obra estará a cargo de Rui Horta Carneiro. Haverá momento musical "Coração D'Outras Pátrias" com música e interpretação de Álvaro Maio e poema de Lídia Praça.


Sinopse da obra:
O eco das minhas pátrias representa a onda sonora da língua portuguesa que se propaga no mundo. Contudo, este livro é muito mais do que a reflexão do som que retorna à origem depois de ter soado noutros lugares, ele assume-se, verdadeiramente, como a essência de um povo humanista e universalista que ousa receber e dar.
O eco das minhas pátrias é Portugal no mundo. É Porto de Graal, mas é também a primeira grande vaga de globalização, assinalada pelos descobrimentos e é, ainda, a miscigenação, a tolerância e o respeito com que abraçamos os povos. É exaltar Camões, Fernão, Pessoa, Torga e Junqueiro. É peregrinar e voltar a casa!
In contracapa “O Eco das Minhas Pátrias”


Biografia:
Lídia Praça é natural de Bragança, Portugal. Licenciou-se em Direito, pela Universidade Católica e, mais tarde, obteve uma pós-graduação em Estudos Europeus, pela Universidade Clássica de Lisboa.
Advogada, jurista e quadro superior da Administração Pública foi, também, presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude, Vogal do Conselho de Administração da Movijovem e Vogal da Comissão Liquidatária da Fundação para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação. Foi Perita do Estado Português na Direção-geral da Concorrência, em Bruxelas e membro do Grupo Interministerial, no III Plano Nacional para a Igualdade “Cidadania e Género”. É embaixadora de Ética Desportiva e Vice-Presidente Nacional da Union Hispanomundial de Escritores-Portugal. Em 2020 recebeu, no Perú, o Prémio Mundial César Vallejo, à Excelência na Defesa da Paz e Justiça Social.
É autora do livro “A Sombra de Muitas Faces”, é autora-coordenadora da obra “Juventude e Desporto em Panorama” e está representada em várias coletâneas de poesia, nacionais e internacionais.
Foi colaboradora do Jornal Record na coluna “Desporto com valores”.


Morada:
Casa das Galeotas
Avenida da Índia, n.º 110 (entre a Cordoaria Nacional e o Museu Nacional dos Coches), em Lisboa
Autocarros: 714, 727 e 751 - Altinho, e 728 e 729 - Belém
Comboio: Estação de Belém

 

 

Publicado em 16-06-2021