Lançamento do livro “Angola - A Hora da Mudança” na UCCLA

Lançamento do livro “Angola - A Hora da Mudança” na UCCLA

A análise sociopolítica, histórica e cultural sobre África e Angola está na génese do livro da autoria de Adolfo Maria “Angola - A Hora da Mudança” que será lançado na UCCLA no dia 27 de março, pelas 18h30.
 
O livro tem a chancela das Edições Colibri.
 
 
Sinopse do livro “Angola - A Hora da Mudança”:
- textos de carácter sociopolítico, histórico e cultural sobre África e Angola;
- as análises sociopolíticas incidem particularmente sobre os últimos anos de exercício do poder de José Eduardo dos Santos e o novo ciclo inaugurado pelo presidente João Lourenço;
- entre muitos temas versados destacam-se as reflexões sobre: sociedade civil e seu empoderamento; intervenção cívica; democratização; construção do Estado e transparência da vida pública; poder local; elites dirigentes. 
 
Biografia de Adolfo Maria:  
Adolfo Maria, nascido em Luanda, entregou-se desde a sua juventude à luta nacionalista para a independência do seu país. Participou no combate cultural (Sociedade Cultural de Angola, jornal Cultura e Cine Clube de Luanda), nos anos 1950; no combate político (no PCA e no MLNA), o que lhe valeu a prisão pela polícia política portuguesa, a PIDE, em 1959; e no combate armado (nas fileiras do MPLA) nos anos 60 e 70 do passado século.  
Dentro da luta nacionalista, participou no combate pela democracia no seio do MPLA, em 1974, como membro da tendência Revolta Activa, o que originou um mandado de captura contra vários elementos dessa tendência, em Abril de 1976, cinco meses após a independência de Angola. Adolfo Maria escapou à rusga da polícia do regime, a DISA, e manteve-se escondido durante quase três anos, cessando a sua clandestinidade após o anúncio de amnistia pelo presidente da república; esteve ainda preso pela polícia política e, depois, foi expulso do país em 1979. Esse período que o autor viveu é descrito no seu livro ANGOLA, SONHO E PESADELO e a dramática vivência dessa clandestinidade é-nos transmitida na sua obra ANGOLA NO TEMPO DA DITADURA DEMOCRÁTICA REVOLUCIONÁRIA - POÉTICA DO AUTO-CÁRCERE.
No exílio, Adolfo Maria tem participado em colóquios, conferências, entrevistas e colaborado em publicações angolanas; é membro do painel do programa "Debate Africano" da RDP África. Além dos livros acima citados, publicou ANGOLA - CONTRIBUTOS À REFLEXÃO e os romances NAQUELE DIA NAQUELE CAZENGA e NA TERRA DOS TTR. Todas estas obras foram editadas por "Edições Colibri", em Lisboa.
 
 
Morada:
Avenida da Índia, n.º 110 (entre a Cordoaria Nacional e o Museu Nacional dos Coches), em Lisboa
Autocarros: 714, 727 e 751 - Altinho, e 728 e 729 - Belém
Comboio: Estação de Belém
Elétrico: 15E - Altinho 
Coordenadas GPS: 38°41’46.9″N 9°11’52.4″W
 
 
 
 
Publicado em 13-03-2019