Contadores de histórias da Ilha de Moçambique

Contadores de histórias da Ilha de Moçambique

As bibliotecas públicas da Ilha de Moçambique prosseguem a sua acão coordenada e autónoma de dinamização da programação cultural local, promovendo o encontro entre crianças e livros e o prazer pela fruição do livro e da leitura.
 
As rodas de leitura e ateliers semanais são uma resposta ao Manifesto da IFLA/ UNESCO sobre Bibliotecas Públicas, na sua importante primeira missão: “criar e fortalecer os hábitos de leitura nas crianças, desde a primeira infância”.
 
Estas atividades educativas, sociais e culturais - desenvolvidas pelos técnicos das bibliotecas públicas do Distrito da Ilha de Moçambique traduzem uma união de esforços para a melhoria das competências básicas de leitura e escrita, de promoção do livro, compreensão e expressão oral com crianças e jovens, implicando a aplicação de estratégias pedagógicas e educativas trabalhadas em formação e a implementação do Projecto Educativo Local entre técnicos de bibliotecas públicas para o desenvolvimento da autonomia, da reflexão e pesquisa em autoformação cooperada.
 
Estas ações decorrem no âmbito Cluster da Cooperação Portuguesa da Ilha de Moçambique 2.ª fase - Componente 1 - Eixo da Educação. Têm como entidades executoras a UCCLA em parceira com o Conselho Municipal da cidade da Ilha de Moçambique, Conselho Municipal de Maputo, Câmara Municipal de Lisboa e apoio da SDEJT (Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano) com o financiamento do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.
 
 
 
 
 
 
Publicado em 03-12-2018