Reportagem do jornal angolano Agora, publicada dia 27 de fevereiro de 2015

Leia aqui