Inauguração da biblioteca pública distrital da Ilha de Moçambique
Inaugurou, dia 15 de março, a biblioteca pública distrital da Ilha de Moçambique, no âmbito do Cluster da Cooperação Portuguesa.
 
A diretora Distrital da Educação, Catarina Atanásio, agradeceu a colaboração das ações desenvolvidas no seio do Cluster da Cooperação Portuguesa da Ilha de Moçambique, nomeadamente a reabilitação da biblioteca com vista a melhorar a educação dos seus munícipes.
 
O administrador do Distrito, Luciano Augusto, apelou à leitura de livros e à utilização frequente da biblioteca para se adquirir mais conhecimento e melhorar a leitura. Como a biblioteca é pública, o apelo não foi somente para os estudantes, pois é preciso que todos façam uso dela, até mesmo os dirigentes. O administrador afirmou que “a leitura ajudará bastante porque as pessoas aprenderão a valorizar outras culturas.”
 
Na inauguração, o Clube de Leitura da Escola Secundária da Ilha de Moçambique apresentou o conto de José Eduardo Agualusa “Sábios como camelos”, com a presença do autor que também sublinhou a importância e o interesse na utilização da biblioteca inaugurada - uma casa cheia com as vozes de diversos autores à espera de serem descobertas, lidas, encontradas pelos leitores.
 
A biblioteca está localizada no edifício do Conselho Municipal da cidade e funciona das 7h30 às 15h30. Terá atividades regulares, como leituras mensais nos bairros “o livro saiu à rua” e atividades semanais como “o sábado das crianças”. A ação educativa e cultural da biblioteca pública foi reforçada com a requalificação deste espaço, no espírito do Manifesto da UNESCO sobre Bibliotecas Públicas.
 
 
Estas ações decorrem no âmbito da 2.ª fase do Cluster da Cooperação Portuguesa da Ilha de Moçambique a desenvolver com a UCCLA, o Conselho Municipal da cidade da Ilha de Moçambique, em parceria com o Conselho Municipal de Maputo e o apoio da SDEJT (Serviço Distrital de Educação, Juventude e Tecnologia) - Componente 1 - UCCLA: Projeto de Apoio Institucional e Desenvolvimento do Município da Ilha de Moçambique, Eixo 4 - Educação. Financiamento: Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.
 
 
 
 
 
Publicado em 16-03-2017