O Secretário-Geral da UCCLA, Vitor Ramalho, concedeu uma entrevista à RTP África – programa “Grande Entrevista África, conduzido pela jornalista Isabel Silva Costa – transmitida no dia 30 de setembro.

Nesta entrevista, Vitor Ramalho deu a conhecer melhor esta organização que conta com 28 anos de existência – iniciativa do então presidente da Câmara de Lisboa, Nuno Kruz Abecasis -, os projetos que desenvolveu, assim como os objetivos e iniciativas para o futuro.

O Secretário-Geral deu alguns exemplos do trabalho desenvolvido pela UCCLA: dinamização da Apicultura e formação de 200 empresários apicultores na Guiné Bissau; ações contra o dengue na cidade da Praia (Cabo Verde); recuperação do Palácio do Governo de Timor-Leste, assim como do Liceu e da construção de parques infantis, etc.

Vitor Ramalho relembrou alguns dos eventos que terão lugar ainda no decorrer deste ano, como o Encontro de Escritores, em Natal (Brasil), reunião das Redes Temáticas, em Brasília (Brasil) e Huambo (Angola).
Salientando a importância que a UCCLA pretende dar à cultura, o Secretário-Geral afirmou que “não há futuro sem memória”, adiantando que a organização pretende homenagear os alunos da Casa dos Estudantes do Império, pela sua luta pela autodeterminação e pela luta comum em prol da independência.

Veja a entrevista aqui