Prémio Literário UCCLA
 
 
 
2.ª Edição do PRÉMIO LITERÁRIO UCCLA
Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa
 
 
Perante a grande adesão da 1.ª edição do Prémio Literário UCCLA - Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa foi anunciado, dia 13 de junho, a abertura da 2.ª edição do referido Prémio.
 
Trata-se de uma iniciativa conjunta da UCCLA, Editora A Bela e o Monstro e Movimento 2014, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, e tem como objetivo estimular a produção de obras literárias, nos domínios da prosa de ficção (romance, novela e conto) e da poesia, em língua portuguesa, por novos escritores.
 
A participação neste prémio deverá ser feita até às 24 horas do dia 31 de janeiro de 2017. São admitidas candidaturas de concorrentes que sejam pessoas singulares, de qualquer nacionalidade, fluentes na língua portuguesa, com idade não inferior a 16 anos. No caso dos menores de 18 anos, a atribuição de prémios ficará sujeita à entrega de declaração de aceitação pelos respetivos titulares do poder paternal. 
 
 
Constituição do Júri:
António Carlos Secchin, Brasil
Germano de Almeida, Cabo Verde
Inocência Mata, São Tomé e Príncipe 
Isabel Alçada, Portugal
José Luís Mendonça, Angola
José Pires Laranjeira, Portugal
Biblioteca Nacional do Brasil (Rio de Janeiro)
 
 
 
 
 
 
1.ª Edição do PRÉMIO LITERÁRIO UCCLA
Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa
 
 
O Prémio Literário UCCLA - Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa esteve aberto a concurso até 31 de março de 2016. É uma iniciativa conjunta da UCCLA, Movimento 2014 e da Editora A Bela e o Monstro, e destina-se a promover e divulgar a literatura em língua portuguesa e tem como objetivo estimular a produção de obras literárias em língua portuguesa por novos escritores.
 
O autor vencedor do Prémio Literário UCCLA será convidado a participar no Encontro de Escritores de Língua Portuguesa (EELP), promovido anualmente pela UCCLA, designadamente na edição realizada imediatamente após a data de entrega do Prémio, com oferta de todas as despesas relacionadas com a sua deslocação e alojamento durante o mencionado evento.
 
A obra premiada será objeto de edição e publicação pelas entidades promotoras. Serão, ainda, objeto de edição e publicação as obras distinguidas pelo Júri com Menções Honrosas.
 
Constituição do Júri:
 
António Carlos Secchin, Brasil
Germano de Almeida, Cabo Verde
Inocência Mata, São Tomé e Príncipe
Isabel Pires de Lima, Portugal
José Luís Mendonça, Angola
José Pires Laranjeira, Portugal
José Augusto Bernardes, Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, Portugal