Centro Hospitalar de São Tomé recebe medicamentos
O Centro Hospitalar da Ilha de São Tomé recebeu da Organização Mundial de Saúde (OMS) 66 mil euros de medicamentos e materiais clínicos para combater a epidemia de celulite necrotizante que tem afetado a população.
 
Os medicamentos, na sua grande maioria antibióticos, chegam numa altura em que as autoridades sanitárias do país estão a utilizar o mel das abelhas para o tratamento da doença.
 
Segundo a diretora dos cuidados de Saúde, Maria Tomé Palmer, a OMS “tem destacados, atualmente, em São Tomé e Príncipe, oito consultores que tentam encontrar um tratamento eficaz para a celulite necrotizante, cujos primeiros casos surgiram em agosto do ano passado.”
 
«Estamos, atualmente, a utilizar o mel de abelha para limpar e desinfetar as feridas resultantes da doença», afirmou.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Publicado em 14-03-2017